Dissertações defendidas em 2016

No primeiro semestre de 2016, duas dissertações foram defendidas por integrantes do Margem – Grupo de Pesquisa em Democracia e Justiça, no âmbito do Programa de Pós-Graduação em Ciência Política-DCP-UFMG.

O trabalho “O uso público das emoções: o papel das emoções no contexto deliberativo”, de Wesley Matheus de Oliveira,  observou o atravessamento das emoções em espaços de deliberação, a partir do estudo de assembleias realizadas dentro das Ocupações Rosa Leão, Vitória e Esperança – na região da Mata do Isidoro, em Belo Horizonte.

Já Filipe Mendes Motta,  autor de “Conflito e Deliberação na Serra da Gandarela: pela superação de uma dicotomia”, investigou debates ambientais lançando luz às tensões entre consenso e conflito na teoria deliberacionista. Ambas as dissertações foram orientadas por Ricardo Fabrino Mendonça.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s